Quarto do Último Bey de Túnis, Kasr-el-Said, Tunísia

Descrição

Esta imagem fotocromática, de cerca de 1899, faz parte de "Imagens da Arquitetura e do Povo da Tunísia" do catálogo da empresa Detroit Photographic Company. Mostra o quarto do bey de Túnis, no Palácio Kassar-Said, em Túnis. O Mediterrâneo: Manual para Viajantes (1911), de Baedeker, descreve o palácio como um "château do bey" que não permitia a entrada de turistas. Muhammad III as-Sadiq (1813-82) governou a Tunísia de setembro de 1859 até sua morte, em outubro de 1882. Ele foi sucedido por Ali Muddat ibn al-Husayn (1817-1902), que governou de 1882 até sua morte, em junho de 1902. A Detroit Photographic Company foi fundada como empresa de publicação fotográfica no final da década de 1890, pelo empresário e editor William Al Livingstone, Jr e pelo fotógrafo e editor de fotos Edwin H. Husher. Eles obtiveram direitos exclusivos para utilizar o processo "Photochrom" suíço para conversão de fotografias em preto-e-branco em imagens coloridas e imprimí-las por fotolitografia. Este processo inovador foi aplicado na produção em massa de cartões postais coloridos, gravuras e álbuns para venda ao mercado americano. A empresa transformou-se na Detroit Publishing Company em 1905.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Detroit Photographic Company, Detroit, Michigan

Idioma

Título no Idioma Original

Bedchamber of the Late Bey of Tunis, Kasr-el-Said, Tunisia

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão fotomecânica: fotocromo, cor

Observações

  • A Companhia Fotográfica de Detroit foi lançada como uma editora de fotografia na década de 1890 pelo empresário e editor de Detroit William A. Livingstone, Jr., e pelo fotógrafo e editor de fotografia Edwin H. Husher. Eles obtiveram o direito exclusivo de usar o "Fotochromo", o processo suíço de conversão de fotografias em preto-e-branco em imagens coloridas, e imprimi-las por fotolitografia. Este processo inovador foi aplicado na produção em massa de cartões postais coloridos, gravuras e álbuns para venda ao mercado americano. A empresa tornou-se a Detroit Publishing Company em 1905.

Última Atualização: 4 de setembro de 2013